Manual Definitivo para Gamers Casados

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por Trunks68 em Qua Nov 25, 2009 10:25 pm

Este manual tem o intúito de abordar e, se possível, ajudar os colegas em um problema universal conhecido como “Sou casado mas gosto de jogar” porém, as soluções aqui apresentadas podem ser adaptadas para outras situações como “Sou casado e gosto de navegar na internet” e até mesmo “Sou casado e gosto de ler em silêncio”. Todos os leitores estão autorizados e publicar este conteúdo em qualquer meio desde que respeite o autor e preserve seu nome como criador do material.
Aparentemente, as esposas deste grupo especial de homens tem uma aversão desproporcional contra o passatempo favorito destes que são, em geral, homens pacíficos, caseiros e atenciosos. Faz-se necessário o seguinte adendo: durante o namoro, as soluções aqui apresentadas serão submetidas a um nível de dificuldade duplamente maior, em razão do casal estar experimentando o período de escolha. Se você está namorando e sua companheira não compreende sua paixão por jogos eletrônicos, e nenhuma destas sugestões solucionou seu problema prepare-se para tomar uma dura decisão: Abandonar uma de suas duas grandes paixões.
Para entender melhor as sugestões deste manual, convido todos a uma reflexão sobre a razão pela qual as mulheres odeiam assistir seus maridos jogando.
Razão porque as mulheres odeiam assistir os maridos jogando:
1. O jogo eletrônico é uma das poucas coisas que um marido pode fazer sozinho, e ao mesmo tempo na presença de sua mulher. É diferente de qualquer outra coisa que ele venha a fazer sozinho “longe dos olhos” dela. Mulher não suporta ser ignorada, ainda mais quando percebe que está sendo ignorada AO VIVO. Ignorar sua mulher numa mesa de bar, longe, depois do trabalho, é mais fácil que dentro de casa. Lembre-se disso.
2. As mulheres tem memória contextual. Elas não lembram o quanto você é distante ou alienado quando você está longe enxendo a cara com os amigos. Elas lembram disso quando você chega em casa bêbado. Jogar on-line é como chegar em casa bêbado constantemente, sem nunca ter saído. Elas olham para cara do marido e realizam, em 30 frames por segundo, que ele está alienado em outro lugar, desatento a quaisquer que sejam suas necessidades.
3. Pânico de solidão. Diferente dos homens, as mulheres tem menos resistência a solidão. Homens gostam de pescar, acampar e fazer viagens a lugares isolados SOZINHOS. Mulheres odeiam. Quando você está jogando, sua mulher experimenta a terrível sensação de ser abandonada sozinha NA PRESENÇA DO MARIDO.
4. Acima de tudo, o que mais irrita as mulheres e torna todas as discussões acerca deste tema completamente irracionais é o fato de que “jogar com amigos” é uma atividade LÚDICA, sem maldade, simples, segura, contra a qual a mulher tem praticamente zero argumentos negativos (afinal, seu marido está dentro de casa, não está?). Pois bem, quando uma mulher está irritada com algo, mas não sabe apontar a razão, ela tem que fantasiar uma razão. E todos sabem que a imaginação é muito fértil, especialmente quando diz respeito a estragar o dia de alguém.
Estabelecido o cenário emocional em que as “mulheres odeiam maridos que jogam”, nós avançaremos para as abordagens de contenção de danos. Algumas destas abordagens custam pouco ou nada, outras, custam caro (financeira ou emocionalmente), porém, segundo os mais avançados estudos na área, todas são funcionais.
Tenham em mente que tudo deve ser feito guiado pelas seguintes diretrizes:
1. NUNCA peça desculpas por jogar. Peça desculpas por não leva-la para sair, ou esquecer o aniversário dela, mas NUNCA desculpe-se por fazer o que gosta (sendo que trata-se de algo inofensivo). Desculpar-se é munição para programação neurolinguística negativa, e tornará as reclamações dela ainda mais consistentes.
2. NUNCA trate seu passa-tempo como pecado ou algo de que tenha vergonha na presença dela. Mantenha-se firme. Se ela espernear pedindo atenção, pare (friamente), dê-lhe atenção, carinho, sexo, comida, dinheiro, o que vier ao caso, mas não faça isso como uma “compensação”. Mulheres sentem cheiro de culpa, e irão explorar esta brecha. Faça tudo “por querer”, e elas poderão apenas perceber “firmeza” e “intenção” no ato, e não compensação.
Imbuído do estado de espírito descrito acima, podemos finalmente estudar as abordagens de contenção em toda sua excelência:
(básico) Crie crédito preventivo: A primeira (e única) coisa que sua mulher faz quando quer reclamar do “marido que joga” é lembrar-lhe das coisas que ele não está fazendo enquanto joga. Desarme-a com antecedência! Estude-a, memorize as principais razões de xilique e providencie um crédito nestes aspectos. Ela gosta de sair, trate de dar umas voltas. Pediu mais romance, torne-se o Dom Juan durante um tempo. Tá se sentindo sozinha e desamparada? Alugue uns 3 romances mela-mela e assista com ela debaixo do cobertor, abraçadinho, e sem fazer piadinha, chorando se possível. Desta forma, quando você sentar seu valoroso traseiro em frente a seu jogo predileto, suas chances de ser perturbado diminuirão drasticamente. Uma mulher satisfeita é uma mulher desarmada.
(básico) Fale melhor dos amigos virtuais que dos amigos reais: Exato! Toda mulher no universo acredita que os amigos tem o poder paranormal de influenciar sua conduta. Portanto, torne os seus amigos de “joguinho” muito mais aceitáveis que seus amigos de trabalho por exemplo. Não precisa falar mal de seus amigos de trabalho, claro, mas você pode puxar sardinha para seus amigos de “joguinho”. Coisas como “Olha querida, que beleza, sabe aquele cara que te falei que era terceiro no ranking mundial e que sempre joga comigo? Pois é, apaixonou-se, casou-se, e sua mulher está esperando um filho. Você vê como é né… como a gente se apega as pessoas, mesmo sem nunca te-las visto antes”. Descubra o que sua mulher odeia em seus amigos, e logo saberá o que ela pensa ser “o amigo ideal”. Se esse amigo ideal não existir on-line, INVENTE-O.
(intermediário) Convença-a a compartilhar de algumas amizades de jogo: Sua mulher não precisa jogar para criar “empatia” por seus colegas. Alguns minutos ouvindo um Teamspeak aberto, e podendo dar pitaco em um ou outro assunto que estejam tratando (mulher adóóóra) e ela já irá olhar sua presença on-line com outros olhos. Lembrando que mulher NÃO SUPORTA ficar de fora, sentir-se excluída. Quanto mais importância ela der a suas amizades on-line, menos ela implicará com seu jogo! Ah, sim, apresente-a ao fórum. Mostre-lhe que há outras mulheres jogando (que você não conhece, claro) e que o jogo, na verdade, é apenas um “pretexto para discutir assuntos divertidos e fazer amizades” e que ELA TEM PASSAGEM LIVRE PARA PARTICIPAR DISTO SEMPPRE QUE DESEJAR. Se ela não quiser, problema dela, o importante é que ela sinta “que pode”!
(intermediário) Faça-a respeitar “seu amor” pelo jogo: Este é um grande desafio, talvez o maior. Fazer uma mulher (a sua mulher) compreender que “não importa o que ela acha do jogo” e sim “o que EU acho do jogo”. Mulheres são as campeãs em solicitarem que os homens entendam coisas exclusivas do universo feminino como TPM, flores, aniversário de noivado, etc – esta é sua deixa para fazer o mesmo. Não cometa o erro de tentar convence-la a respeitar o jogo. Isto só acontece se ela começar a jogar (nível avançado). O grande lance é faze-la compreender que seus parâmetros são diferentes dos dela, que ambos são criaturas distintas, com necessidades distintas e que, assim como você respeita as misteriosas necessidades femininas, ela também TEM que compreender nossas misteriosas necessidades masculinas. Seja firme neste ponto – Se você não demonstrar a importância do tema (mesmo que seja pouca) sua mulher não dará a mínima, e isto significa aspirina amigo.
(avançado) Abdução: Nada compele uma mulher tão bem quanto dinheiro. Use isto a seu favor (se você tiver dinheiro, claro). Se sua mulher não se sente atraída ao jogo em sí, crie uma ponte imaginária através do consumismo feminino – DÊ-LHE UM COMPUTADOR. Mas não presenteie-a com um 486 rodando o Win98 e Paciência – isso é tiro no pé. Mulher sente cheiro de coisa barata e vai saber, na hora, que você deu uma de unha de fome! Dê um belo de um computador ou então não dê nada. De preferência, um computador capaz de seduzi-la para o lado “jogador” da força. Ou ainda um laptop, que ela possa levar para quaisquer canto da casa (com net wireless) e usar até durante a novela. Claro que há chances de sua mulher jogar apenas paciência num computador de R$ 5.000,00 mas ESTE NÃO É O PONTO. Os pontos são:
A) Ela vai subliminarmente valorizar mais seu passa-tempo. Não propriamente o jogo, mas o tempo que você despende em frente ao computador. Porque o espírito consumista feminino dela estará afetado pela aquisição de um computador, fazendo uma relação inequívoca entre computador e prazer! Além disso, inevitavelmente, haverá ALGUMA COISA no universo da informática que a atraia (desde The Sims, MMORPG, Orkut, e, com algum talento seu como professor talvez um First Person Shooter) – a isto se dá o nome de valor agregado, isto é, o computador não apenas a trará para seu lado como também a manterá ocupada.
B) A existência de uma cadeira em frente ao computador é uma verdadeira armadilha. Sempre que ela pensar em te abordar com uma avalanche de reclamações sobre sua condição alienada, ela irá, claro, sentar ao seu lado, logo, no computador dela! Bingo. 50% do problema reduzido, porque ela irá antes ler e-mails, dar “olá” para as amigas no MSN e talvez, com alguma sorte, jogar um pouco de alguma coisa. Até ela acabar, você já jogou bastante.
(avançado) Terrorismo: Esposas de “homens que jogam” possuem memória volátil, e apresentam sintomas como amnésia seletiva, esquecendo-se sistematicamente de tudo (de pior) que seu companheiro poderia estar fazendo enquanto não estivesse jogando. A tática do terrorismo consiste em relembrá-la disso. Se todas as demais abordagens falharem, APRESENTE-A O REAL VALOR DAS COISAS. Como? Aja “normalmente”. Homens TÊM atividades individuais. Homens jogam futebol com os amigos, bebem com amigos de trabalho, homens vão a casa de amigos encher a cara, homens consolam e ajudam seus amigos a largar namoradas gostosas e safadas, homens gostam de pescar a 400km de casa, homens assistem vale-tudo ao vivo, enfim, homens fazem coisas muuuito piores (para as mulheres) que jogar joguinhos eletrônicos. Se sua mulher esqueceu disso, dê uma pausa no game, e ajude-a a fazer uma releitura de valores.
(super avançado) Mimimi: Sim, você também pode. Não são só as mulheres que tem o poder de fazer beicinho quando não conseguem o que querem. Se sua esposa é tão mimizenta que você simplesmente não tem coragem de aplicar as sugestões deste manual, então seja MAIS MIMIZENTO QUE ELA. Pare de jogar, pare de usar seu micro, mas demonstre uma visível tristeza, um abandono do prazer de estar vivo, um mimimi de primeira categoria. Mulheres mimizentas respeitam o mimimi e irão reconsiderar uma atitude mais positiva com relação a aquele que era o passa-tempo que deixava seu companheiro tão feliz.
(God Like) Para jogatinas de emergência: Se você TEM que jogar em determinado dia (campeonato por exemplo), mas não teve tempo de aplicar as sugestões do manual, aplique o método “Patrolaum”. Chegue em casa batendo a porta, bufando, nervoso, veia do pescoço saltando, vá entrando e jogando a roupa pela casa, meia em cima da tv, sapato direito num canto, esquerdo no outro, e vá narrando um problema qualquer esbravejando ao vento (tipo um hyper problema em seu trabalho, onde você está prestes a perder o emprego ou qualquer desgraça do tipo)… quando o clima estiver beeem pesado dê um grito de estravazamento, sente-se em frente ao computador e diga: “Preciso descarregar essa raiva”. Coloque o fone de ouvido e jogue. Se tem uma coisa que qualquer esposa sabe é que, quando o marido dá pití, melhor deixar passar. Mas não fique muito tempo! Essa tática tem efeito curto e só serve para emergências. Sua mulher logo vai reparar que você se acalmou e começou a se divertir! Quanto mais tempo mantiver o teatro de “homem raivoso desesperado” mais tempo poderá jogar.
(Supreme Comander) O seguidor: Se vocês já tem um filho, filhos, ou sua mulher ficou grávida recentemente, prepare-se para o jogo da vida em sua dificuldade máxima. A meta aqui é não transformar o jogo em um inimigo dos esforços de sua mulher em lhe aproximar da paternidade. E sua mulher fará o máximo para interpretar seu jogo como uma “distração infantil de suas novas responsabilidades”. Eis que surge a abordagem do “Seguidor”. Seu filho, sua imagem e semelhança não deve ser privado deste prazer, mesmo em seus primeiros goles de leite. Tudo que não seja trocar fralda ou dar de mamar, PODE ser feito na frente do seu computador, jogando. Afinal, tudo que não é trocar fralda e dar de mamar, é segurar o filho com cuidado no colo. E quando você joga, você fica quietinho, um lugar perfeito para manter o bebê. Após esta primeira fase, inicia-se a virada. O momento oportuno em que seu filho tem coordenação suficiente para clicar um mouse. Neste dia mágico, em que seu filho estiver jogando, no seu colo, sua mulher terá uma de duas reações:
A) “Que lindos, pai e filho brincando juntos”
B) “Maldito, já ta viciando o moleque”
Mas não se preocupe com a opção B. Se sua mulher escolheu este caminho, ela terá a questão do “Seguidor”, seu filho, e nenhuma mulher suporta a idéia de manter-se brigada com marido e filho pela mesmíssima razão. Ela logo verá que está sendo “a rabujenta da história” – mulher odeia isso. Mais uma vez, não demonstrem fraqueza, e não forneçam munição psicológica para as adversidades.

O caso negativo e as Contra-Medidas

Prepare-se: Cada implementação destas acarretará em conseqüências, na maioria dos casos positivas, porém, em alguns casos, certos tipos de mulher irão ativar contra-medidas para anular seus esforços. As contra-medidas mais conhecidas são:
A) Mimimi
B) Falar bem dos maridos das amigas
C) Ter um filho
D) Entregar todas as funções relacionadas ao filho que vocês já tem, à você
E) Ir para casa da Mãe
F) Chifre
Suas táticas devem adaptar-se a estas reações, a exceção, claro, do caso F (chifre) em que você tem duas escolhas: aceitar ou chutar. Para os demais casos, basta aplicar leves variações das aborgens estudadas neste manual, inteligente e subjetivamente.
Amigos, nenhum conselho é garantia de sucesso, mas ignorar todos é garantia de derrota. Espero que alguns destes conselhos, mesmo que apresentados por meio de brincadeira, sirvam para tornar suas vidas mais fáceis e equilibradas, com companheiras mais compreensivas, em relacionamentos onde ambos possam desfrutar daquilo que gostam, em medidas saudáveis e sem repreensões desnecessárias.
Dácio Alexandrino Júnior (JUNAUM), o autor, é casado a 2 anos.
Sua mulher joga junto com ele, na verdade, joga melhor que ele

Trunks68
Legendary Scale Figure

Número de Mensagens : 8555
Idade : 36
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 09/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por pavlov cesak em Qui Nov 26, 2009 8:45 am

. Muito bom, muito bom mesmo! Mas da próxima vez poem em power point, cansa menos

pavlov cesak
Legendary Scale Figure

Número de Mensagens : 9224
Idade : 45
Localização : sorocaba
Data de inscrição : 08/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por fototralhas em Qui Nov 26, 2009 9:28 am

Rachei de rir aqui

fototralhas
Estátua full size 1/6

Número de Mensagens : 2765
Idade : 33
Localização : Recife
Data de inscrição : 01/06/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por Trunks68 em Qui Nov 26, 2009 12:38 pm

pavlov cesak escreveu: . Muito bom, muito bom mesmo! Mas da próxima vez poem em power point, cansa menos
Foi mal, coloquei o texto como achei... mas o importante é o conteúdo!!!

Trunks68
Legendary Scale Figure

Número de Mensagens : 8555
Idade : 36
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 09/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por QUEROMARVEL em Qui Nov 26, 2009 5:07 pm

Pelamordedeus, fiquei com preguiça só de bater o olho no texto...

QUEROMARVEL
Legendary Scale Figure

Número de Mensagens : 7331
Idade : 31
Localização : Ysmault, inferno... chame como quiser...
Data de inscrição : 28/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por |Azrael| em Qui Nov 26, 2009 5:40 pm

Vale a pena, tem várias dicas sábias no texto. Vou levar algumas pro resto da vida

|Azrael|
Conselheiro

Número de Mensagens : 15180
Idade : 30
Localização : Mogo
Data de inscrição : 14/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por Zak' Naffein em Qui Nov 26, 2009 7:09 pm

HUAHUAHUAHUHAUHUA
MUITO BOM !!!
Vou imprimir esse guia e aprimorar minhas técnicas ja existentes !!!

O problema é quando voce passa o dia inteiro esperando por um grupo descente para invadir aquele castelo, ou matar aquele dragão... e depois de 4 ou 5 horas de "espera" voce arruma o grupo e a namorada liga ( 5 minutos depois) pedindo pra ir na casa dela.
Li algumas técnicas que devem me ajudar
Valew pelo post !!!

Zak' Naffein
Mini-busto

Número de Mensagens : 659
Idade : 35
Localização : São Paulo aka(Gothan)
Data de inscrição : 20/08/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por fototralhas em Qui Nov 26, 2009 9:44 pm

Zak' Naffein escreveu:HUAHUAHUAHUHAUHUA
O problema é quando voce passa o dia inteiro esperando por um grupo descente para invadir aquele castelo, ou matar aquele dragão... e depois de 4 ou 5 horas de "espera" voce arruma o grupo e a namorada liga ( 5 minutos depois) pedindo pra ir na casa dela.
!

Taz falando de MMORPG? Porque isso é muito comum pra quem joga WoW kkkkkkk

fototralhas
Estátua full size 1/6

Número de Mensagens : 2765
Idade : 33
Localização : Recife
Data de inscrição : 01/06/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por Pangtong em Ter Dez 01, 2009 2:36 pm

Muito massa Trunks, essa manual concerteza é de muita serventia..hauhauhauha... ha se é...rsrsr

Pangtong
Estátua full size 1/6

Número de Mensagens : 2832
Idade : 32
Localização : Itajai - SC
Data de inscrição : 27/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por Trunks68 em Ter Dez 01, 2009 4:13 pm

Lembrando que essas dicas também servem para justificar tantas horas no fórum da LE e algumas comprinhas como Bible Black e Ikkitousen!!!

Trunks68
Legendary Scale Figure

Número de Mensagens : 8555
Idade : 36
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 09/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por Pangtong em Ter Dez 01, 2009 5:50 pm

trunks68 escreveu:Lembrando que essas dicas também servem para justificar tantas horas no fórum da LE e algumas comprinhas como Bible Black e Ikkitousen!!!

Puxa nem tinha pensando nisso...rsrsrs vlew pelo toque Trunks...

Pangtong
Estátua full size 1/6

Número de Mensagens : 2832
Idade : 32
Localização : Itajai - SC
Data de inscrição : 27/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por Lam em Ter Dez 01, 2009 8:25 pm

Conhece pular paragrafo, não? Tá horrivel de ler.

Lam
Estátua life size

Número de Mensagens : 10392
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 28/01/2009

http://rafaellam.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por Trunks68 em Ter Dez 01, 2009 9:48 pm

Lam escreveu:Conhece pular paragrafo, não? Tá horrivel de ler.
Saber eu sei mas tive preguiça de fazer...

Trunks68
Legendary Scale Figure

Número de Mensagens : 8555
Idade : 36
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 09/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Manual Definitivo para Gamers Casados

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:53 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum